Logística, muito além de transporte!

Um bom planejamento logístico é crucial para que um negócio se destaque frente à concorrência. Uma empresa que possui um setor de logística eficiente conseguirá diminuir custos com transporte e armazenagem, reduzindo assim os investimentos e otimizando e melhorando seu serviço. Tudo isso contribui muito com a forma que o cliente enxerga a marca.

Por outro lado, uma logística inadequada trará vários impactos negativos para a empresa, como entregas com atraso; produtos entregues com avarias; pedidos errados, dentre outros. Deste modo, o cliente acaba optando pela concorrência, uma vez que ele se sente insatisfeito e acaba comprando produtos similares, com qualidade parecida e um melhor atendimento.

De modo geral, o trabalho do setor de logística é viabilizar que os produtos adquiridos sejam entregues aos seus clientes no prazo estipulado e em perfeito estado. Por isso, muitas pessoas acham que a logística envolve apenas a entrega da mercadoria, ou seja, o seu transporte. Mas, ela vai bem além disso.

A logística empresarial é um conjunto de métodos voltados para fortalecer o fluxo de abastecimento de insumos, movimentação de mercadorias e estocagem. Ele é responsável por quatro atividades essenciais: aquisição, movimentação, armazenamento e entrega de produtos.

Para que tudo isso funcione de forma harmônica é preciso que os mais diversos setores sejam capazes de trabalhar juntos para garantir o cumprimento de objetivos e prazos estipulados.

A logística empresarial trata ainda de planejar, implementar e controlar de forma eficiente e eficaz o fluxo de informações. Pois, uma informação mal compreendida, comunicada com atraso ou até mesmo negligenciada pode causar sérios problemas e prejudicar a operação logística como um todo. O que pode impactar negativamente nos resultados, nas finanças e no relacionamento com clientes e parceiros.

É imprescindível planejar uma comunicação clara e fluida dentre todos os setores, já que cada um dos processos logísticos depende, mesmo que indiretamente, de todos os outros. Todo esse processo começa por um bom atendimento ao cliente, que deve ser realizado de forma ágil e eficiente, e segue até a avaliação de resultados. Esta deve ser baseada em indicadores logísticos definidos previamente.

Para isso, os gestores devem desenvolver práticas de planejamento logístico que colaborem para a identificação dos gargalos logísticos, apontando formas eficientes de neutralizá-los. Com isso será possível estabelecer objetivos; ajustar variáveis; desenvolver e reunir os recursos adequados, sejam eles humanos ou tecnológicos e avaliar constantemente os resultados alcançados.

No Grupo Ferronorte, a logística, é sem dúvidas, um ponto muito importante. Neste processo destaca-se a nosso atendimento e, especialmente, nossa cadeia de centros de distribuição. São várias unidades instaladas em pontos estratégicos no Piauí e Maranhão. Essas unidades, aliadas ao sistema de transporte com frota própria, garantem a integração com agilidade entre as indústrias e os pontos de vendas. Fazendo com que os clientes recebam seus produtos no prazo e sem avarias.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

*